Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca
Mente e Comportamento

Mente e Comportamento

Equilíbrio é viver bem consigo mesmo e com os outros

Mente e Comportamento

Equilíbrio é viver bem consigo mesmo e com os outros

Padre Reginaldo Manzotti - Viva Com Mais Calma
Mente e Comportamento

Padre Reginaldo Manzotti - Viva Com Mais Calma

Neste domingo, o Padre Reginaldo Manzotti vem nos falar da importância de exercitarmos a paciência e compreensão com nós mesmos e com o mundo para ter uma vida mais leve. Confira a mensagem!

Como prevenir acidentes com crianças
Mente e Comportamento

Como prevenir acidentes com crianças

.Famílias devem redobrar a atenção para garantir a segurança dos pequenos.

#FicaADica – Dicas Para Criar Uma Atitude De Gratidão
Mente e Comportamento

#FicaADica – Dicas Para Criar Uma Atitude De Gratidão

Sabia que a gratidão proporciona bem-estar emocional? Ser grato é um exercício diário, e o #FicaaDica ensina como adquirir esse hábito. Confere aí!

Janeiro Branco: Cuidados Com A Saúde Mental
Mente e Comportamento

Janeiro Branco: Cuidados Com A Saúde Mental

Como anda sua saúde mental? No mundo contemporâneo, é comum sentir cansaço, estresse e até ansiedade. E é pra chamar atenção sobre o cuidado com o bem-estar emocional que nasceu a campanha Janeiro Branco. Assista à matéria!

O primeiro mês do ano é marcado pela campanha Janeiro Branco, que foi criado em 2014 por um grupo de psicólogos em Minas Gerais. A campanha tem como objetivo discutir a saúde mental.

Segundo a Organização Mundial da Saúde:

• O Brasil é o oitavo país no ranking do número absoluto de suicídios por ano;

• O país tem também a maior taxa de população diagnosticada com depressão na América Latina;

• Cerca de dez pessoas em cada 100 no Brasil, tem algum tipo de transtorno de ansiedade. Esses são os maiores índices do mundo.

Diante de números tão alarmantes, a psiquiatra Dafne Albuquerque explica que essa campanha é importante, pois representa um espaço para falar sobre saúde mental. Já para a psicóloga Tamires Mesquita, janeiro é o primeiro mês do ano, "uma folha em branco para reescrever a nossa história e ressignificar os acontecidos. Neste contexto, o Janeiro Branco vem como uma nova oportunidade."

Segundo a psiquiatra, saúde mental é o bem-estar físico, espiritual e psicológico. "É estar bem com você como um todo.", reforça. A saúde não é só física vai além dos nossos hábitos, apesar de ser extremamente importante cuidar do corpo. A médica explica que a ansiedade é uma das doenças mentais mais comuns. "Estamos sempre focados no futuro, buscando imediatismo. Já a depressão, muitas vezes, representa viver no passado, trazer mágoas, traumas e não conseguir estar, mais uma vez, no presente." Para Tamires, o grande desafio da ansiedade é estar no e aqui e no agora. "A ansiedade já vem dos nossos ancestrais como estratégia de sobrevivência, que sentimos, principalmente nesse contexto de pandemia. Vivemos em uma ilusão achando que temos controle sobre tudo. A dica é contar com os imprevistos que a vida nos atravessa o tempo inteiro."

O administrador Afonso Rodriguez sentiu na pele os efeitos da pandemia sobre a sua saúde mental. "Eu tinha um planejamento de vida e me deparei com um contexto onde nada daquilo iria acontecer. Quando me deparei com uma situação em que tudo fugiu do meu controle, me senti desesperado", lamenta. Afonso sentiu falta de ar, insônia, inquietação e déficit de concentração. "Além disso, a ansiedade despertou muita vontade de comer doce, de forma que acabei engordando cerca de 9 KG". Ele conta que, a partir daí, decidiu buscar ajuda de profissionais da saúde e percebeu uma grande melhora. "Primeiro, assumi o problema para mim mesmo. Depois, eu aceitei e partilhei com os meus familiares e amigos. Recorri, também, à meditação, voltei a praticar esporte e, hoje, sou uma pessoa mais equilibrada, consigo controlar a minha ansiedade, posso aceitar que nem tudo vai ocorrer da forma como quero, entendo que eu posso ser falho e deixar que as coisas aconteçam no ritmo que é pra ser, sem acelerar."

Assim como Afonso, é possível manter a saúde mental em equilíbrio. A psiquiatra ressalta a importância do autocuidado. "Esse autocuidado vai além do skincare. É um tempo que dedicamos a nós mesmos, seja em uma atividade de lazer, seja uma meditação, uma terapia e vai além do 'fazer', pois, muitas vezes, a gente não se permite ou se sente culpado por estar descansando."

A psicóloga reforça que o autocuidado é personalizado. "Precisamos entender que cada pessoa tem a sua forma de se cuidar. Pode ser escutar música, praticar um esporte, ler um livro, dormir sem culpa... Precisamos refletir sobre qual é o momento que nos conectamos com nós mesmos. O esporte também é uma excelente ferramenta, pois libera os hormônios do prazer e nos coloca em movimento, afinal, a vida é movimento. Muitas vezes, quando conseguimos fluir no esporte, também conseguimos fluir em outras áreas da vida", completa.

Fonte: Dafne Albuquerque (psiquiatra) e Tamires Mesquita (psicóloga).

Padre Reginaldo Manzotti – Estresse: é possível ter equilíbrio
Mente e Comportamento

Padre Reginaldo Manzotti – Estresse: é possível ter equilíbrio

No dia a dia é muito fácil se deixar levar pelo estresse. Mas será que é possível ter equilíbrio? Confira a mensagem que o Padre Reginaldo Manzotti preparou.

O que esperar de 2021?
Mente e Comportamento

O que esperar de 2021?

O Ano novo e o novo normal...

2020 chegou ao fim e, com isso, vem a pergunta: o que você conseguiu aprender com ano que passou?

Técnica Pomodoro: gerencie o tempo e melhore a produtividade
Mente e Comportamento

Técnica Pomodoro: gerencie o tempo e melhore a produtividade

Criado nos anos 1980, a Técnica Pomodoro estimula a produtividade através da gestão do tempo.

Padre Reginaldo Manzotti - A Inteligência Emocional
Mente e Comportamento

Padre Reginaldo Manzotti - A Inteligência Emocional

Neste domingo, o Padre Reginaldo Manzotti vem falar sobre a importância de termos inteligência emocional, um termo novo no mercado, que nada mais é do que a nossa capacidade de administrar nossas próprias emoções. Confira na mensagem quais os 5 pilares para desenvolver a inteligência emocional!

MINIMALISMO: Quando menos é mais
Mente e Comportamento

MINIMALISMO: Quando menos é mais

Minimalismo, mais do que um estilo de vida, uma ferramenta que pode ajudar a se livrar dos excessos e se concentrarem no que é importante para encontrar a felicidade, realização pessoal e liberdade.

Slow Movement: desacelerar para continuar
Mente e Comportamento

Slow Movement: desacelerar para continuar

Slow movemente, uma desaceleração da vida cotidiana.

Endorfina: o hormônio do prazer!
Mente e Comportamento

Endorfina: o hormônio do prazer!

Ah, o prazer... que sensação gostosa!

SAUDADE: NOSTALGIA OU MELANCOLIA?
Mente e Comportamento

SAUDADE: NOSTALGIA OU MELANCOLIA?

No dia 30 de janeiro comemora-se, no Brasil, o Dia da Saudade.

Padre Reginaldo Manzotti - Natureza Dos Girassóis
Mente e Comportamento

Padre Reginaldo Manzotti - Natureza Dos Girassóis

Muitos de nós já sabem que a principal característica dos girassóis é girar em direção à luz. Mas, como eles ficam em dias chuvosos? O Padre Reginaldo Manzotti faz uma reflexão sobre a beleza da natureza e o modo de agir dos girassóis. Veja a mensagem no vídeo!

Inspire-se Para Começar 2021
Mente e Comportamento

Inspire-se Para Começar 2021

2020 foi um ano atípico para o mundo todo. Por isso, preparei esta matéria com relatos de pessoas que, assim como você, superaram desafios levando os melhores ensinamentos para o ano que virá. Assista!

O que esperar de 2021?
Mente e Comportamento

O que esperar de 2021?

Tá ansioso pro fim do ano? 2020 foi definitivamente um ano cheio de desafios. Que tal vir com a gente fazer uma reflexão sobre 2020 e falar das expectativas de 2021? Confira a matéria!

2020 está terminando e esse é o momento perfeito para refletir antes de iniciar um novo ciclo no ano de 2021. Por isso, a apresentadora do programa Pague Menos Sempre Bem, Bruna Thedy, ouviu a opinião do público.

A veterinária Ana Alves conta que a pandemia prejudicou os planos de voltar para o país onde reside. Já para a estudante de arquitetura Vanessa Alexandre, as palavras do ano foram resiliência e aprendizado. A enfermeira Samira de Farias se deparou com inúmeras restrições e afirma: "Foi o ano mais difícil que passei em toda a vida". Diego Xerez, professor, prefere focar nos pontos positivos: "Estar vivo é motivo para celebrar". Infelizmente, muitas pessoas perderam entes queridos, como é o caso do cabeleireiro Tomaz Ferreira. Por fim, a maquiadora Larissa Torres comenta que os aprendizados profissionais e pessoais foram transformadores.

A psicóloga Milena Carrah explica que 2020 foi um ano de muitas mudanças, medos e inseguranças. "Uma das coisas que a pandemia veio nos mostrar é que não temos o controle sobre tudo. Pensar que podemos ter uma vida com menos controle pode nos motivar a viver de forma mais leve. Mesmo diante de todo sofrimento, conseguimos nos adaptar. Nesse momento, podemos refletir: do que sentimos mais falta?"

Neste ano, também despertamos para os nossos vínculos afetivos. "De fato, tivemos mais tempo e fomos convidados a olhar para as pessoas e para as relações. Esse autoconhecimento proporcionou entender que as relações poderiam também ter um tempo de qualidade maior, investindo melhor nesse convívio. Algumas pessoas tiraram de letra e outras precisaram se readaptar e se reorganizar para conseguir conviver de forma mais saudável", explica a profissional.

Para quem busca começar 2021 com mais leveza, a dica é pensar positivo. "Os nossos pensamentos influenciam nas nossas emoções, que, consequentemente, influenciam os nossos comportamentos. Se olharmos as coisas de forma mais realista e menos negativa, conseguiremos ter uma vida mais saudável."

A psicóloga explica, ainda, o conceito de Mindfulness. "Estar conectado no aqui e no agora seria uma autorregulação da nossa atenção para o momento presente. Os benefícios são a diminuição da ansiedade, estresse, depressão, aumento da concentração e, consequentemente, temos mais momentos felizes."

Já em relação aos aparatos tecnológicos que tanto nos foram úteis neste ano, Milena esclarece que o ideal é usá-los com moderação. "O ideal é e utilizar essa ferramenta para coisas que nos fazem bem e entender que nossos vínculos sociais foram limitados, por isso, entramos em uma situação de extrema vulnerabilidade. Precisamos de vínculos saudáveis: ligar para as pessoas que a gente gosta, fazer chamada de vídeo e lembrar, principalmente, dos idosos que ficaram isolados." Ainda para a psicóloga, o acesso a cursos e à cultura através das redes sociais também é um ponto positivo, se feito de forma comedida.

Para quem sofreu com a ansiedade, a profissional tranquiliza: "Ansiedade não é algo ruim, mas uma emoção que tem a função de nos proteger." Cuidar da ansiedade envolve atividade física, alimentação saudável, técnicas de respiração e, no caso de uma ansiedade mais intensa, a dica é buscar ajuda da psicoterapia e de um psiquiatra.

Para 2021, Milena recomenda cultivar bons pensamentos. "Eles são como ondas energéticas que vêm e vão. Não é porque estão na nossa mente que são verdade. Por isso, precisamos avaliá-los, tentar ter mais gratidão, valorizar suas pequenas conquistas e ter um equilíbrio em todas as áreas da vida. É preciso observar cada área: trabalho, família, espiritualidade, saúde mental, física, social, afetiva e observar quais precisam de mais atenção. Esse equilíbrio, com certeza, vai influenciar positivamente na saúde mental", finaliza.

Fonte: Milena Carrah (psicóloga)


As mais lidas

A doença coronária: causas, sintomas e tratamentos
Saúde

A doença coronária: causas, sintomas e tratamentos

Como aliviar a dor na coluna
Saúde

Como aliviar a dor na coluna

Azia ou má digestão? Entenda a diferença e os cuidados
Saúde

Azia ou má digestão? Entenda a diferença e os cuidados

Secreção na mama é normal?
Mente e Comportamento

Secreção na mama é normal?

Reposição de vitaminas para idosos: por que é necessário?
Saúde

Reposição de vitaminas para idosos: por que é necessário?