Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

Os benefícios do chocolate para a saúde

O chocolate é um dos alimentos mais celebrados durante a Páscoa. Por isso, neste Sempre Bem, o nutricionista Sandoval Albuquerque fala sobre os tipos de chocolate e quais deles são mais benéficos para o corpo.

Além disso, dá algumas dicas de como combinar o alimento nas refeições de maneira equilibrada. Assista ao vídeo e confira os benefícios do chocolate.

Curiosidades sobre o chocolate

Para grande parte das pessoas ele é um item indispensável no dia a dia. Fiel companheiro, quando à vista, difícil resistir a tentação. Os chocólatras que o digam!

Mas a verdade verdadeira mesmo é que a grande maioria dos "chocolates" que vemos nas prateleiras não são chocolates. Isso mesmo! O mais correto seria dizer que são doces com sabor de chocolate.

De acordo com a Anvisa, Agência Nacional de Vigilância Sanitária, um chocolate precisa ter, no mínimo, 25% (g/100g) de sólidos totais de cacau. Como não há uma lei que obrigue a especificação da quantidade de cacau, normalmente as embalagens vêm sem essa informação.

A forma mais rápida de saber se você está consumindo mesmo chocolate, é ligando para SAC, Serviço de Atendimento ao Consumidor e perguntando o percentual de cacau.

A estimativa é de que em 3 "chocolates" comercializados no Brasil, apenas 1 seja chocolate legítimo.

Benefícios do chocolate amargo

- Sensação de bem-estar;

- Diminui a ansiedade;

- Gera energia;

- Antioxidante;

- Reduz o colesterol ruim (LHL) e melhora o colesterol bom (HDL);

- Melhora a pressão arterial;

- Estimula o bom funcionamento do cérebro;

- Reduz o estresse;

- Alivia as dores.

Os benefícios do chocolate variam de acordo com a quantidade de cacau em cada tipo

O melhor momento de se consumir chocolate durante o dia é nos lanches e de preferência com alguma proteína ou fruta como o kiwi ou morango.

Características dos tipos de chocolate

Chocolate ao leite

- Menos concentração de cacau;

- Grande concentração de gordura;

- Muito açúcar;

- Alta concentração de leite.

O chocolate ao leite é um dos tipos com menos benefícios à saúde.

Chocolate meio amargo

- Entre 40% a 60% de cacau;

- Melhora a circulação sanguínea;

- Aumenta o bom colesterol (HDL);

- Rico em magnésio;

- Ferro;

- Selênio.

Chocolate amargo

- Entre 70% e 90% de cacau.

Consumir um quadradinho de uma barra dos chocolates amargo ou meio amargo, todos os dias, ajuda a reduzir o apetite e a acelerar o metabolismo.

Chocolate branco

- Produzido por meio da manteiga do cacau;

- Não tem cacau;

- Gordura hidrogenada;

- Muito calórico;

- Não tem cafeína;

- Melhora a energia.

Chocolate Ruby

- Feito de cacau cuja fruta tem sementes rosa;

- Pouco doce;

- 47,3% de cacau;

- Aproximadamente 36% de gordura (parecido com o chocolate branco).

Quanto maior a quantidade de cacau, mais saudável o chocolate é.

Quem está acostumado a consumir chocolate branco ou ao leite, certamente vai estranhar o sabor do autêntico chocolate, como amargo ou meio amargo, por isso a dica é fazer essa substituição de forma gradual, para acostumar melhor o paladar ao novo gosto.

Uma boa dica é consumir o chocolate mais amargo ou outro alimento também amargo, como por exemplo o café. Assim não há tanta alteração do paladar.

O sabor do chocolate é um gosto popular, mas é preciso cautela no consumo. O segredo está na moderação, principalmente para os chocólatras de plantão!

Um pedaço pequeno, por dia, correspondente a aproximadamente 30 gramas, é suficiente para obter os benefícios do chocolate para a saúde.

Você pode gostar

Sintomas de Lúpus: saiba quais são e como identificar
Saúde

Sintomas de Lúpus: saiba quais são e como identificar

Prevenção de DSTs: formas de evitar as Doenças Sexualmente Transmissíveis
Saúde

Prevenção de DSTs: formas de evitar as Doenças Sexualmente Transmissíveis

Cuidados com a pele na gravidez: o que é ou não seguro nessa fase
Beleza

Cuidados com a pele na gravidez: o que é ou não seguro nessa fase