Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

Função da água ano organismo: entenda o assunto

Que precisamos da água para viver, isso todo mundo sabe — mas… para que mesmo? Neste post desmistificamos o assunto e explicamos qual é a função da água no organismo, em diferentes aspectos, além de falar sobre os sinais de desidratação que devem ser percebidos e trazer dicas de como criar o hábito de consumí-la com mais frequência. Boa leitura!

A importância da água no corpo

A água é uma substância que está presente em todos os seres vivos, em diferentes quantidades, e da qual todos dependem para viver. No caso dos humanos, ela representa cerca de 80% do peso total do corpo de uma criança e 60% do corpo de um adulto, e é o principal componente de nossas células.

Ela é essencial ao corpo porque, sendo um poderoso solvente (substância que dissolve outras, permitindo que se distribuam), participa de praticamente todas as reações e processos do organismo, além de ser fundamental para o transporte de oxigênio, nutrientes e sais minerais.

A seguir, vamos explicar melhor sobre o papel desse líquido em diversas atividades do corpo.

Funções da água no corpo humano

Entenda como a água participa de diferentes processos e reações do organismo.

Regulação da temperatura corporal

A termorregulação foi um mecanismo essencial para a evolução das espécies, e é realizada apenas pelas aves e pelos mamíferos (onde nos incluímos). Ela é a habilidade do corpo de regular a temperatura corporal interna, para mantê-la dentro dos valores compatíveis com a vida, independentemente da temperatura do meio externo.

A água participa intensamente deste processo, tanto por não sofrer variações bruscas de temperatura, contribuindo com o corpo por meio deste equilíbrio mas, também, porque para controlar os níveis de calor o organismo produz e libera o suor, que é formado 99% por água.

Quando liberado na superfície da pele, o suor evapora e libera energia calorífica, o que ajuda o corpo a se refrescar. É justamente por sua alta composição aquosa que o processo de evaporação acontece.

O suor é uma substância composta 99% por água e extremamente necessária para o processo de termorregulação do corpo.

Desintoxicação do organismo

No nosso dia a dia, acumulamos inúmeras toxinas no corpo. Elas são produzidas tanto internamente, como consequência dos processos naturais do organismo, como adquiridas do meio, principalmente pela alimentação e pela exposição à poluição.

Para se livrar delas, o corpo conduz seus próprios processos de desintoxicação natural, que dependem, no entanto, de nossa saúde e nossos hábitos, como o de beber água. Os líquidos são fundamentais para o bom funcionamento do intestino e dos sistemas urinário, respiratório e linfático, grandes protagonistas da desintoxicação.

Outro importante “personagem” quando falamos da liberação de toxinas pelo corpo é o suor — que, como dito no tópico acima, é composto principalmente por água.

Absorção de nutrientes

Por sua alta capacidade de solvência e, consequentemente, distribuição, a água é fundamental no transporte de vitaminas, minerais e glicose para todas as células e órgãos do corpo. É dessa forma que os nutrientes adquiridos na alimentação se espalham devidamente pelo organismo.

Manutenção da saúde da pele

Quem quer ter uma pele bonita e viçosa precisa estar com a hidratação do corpo em dia! De acordo com a Sociedade Brasileira de Dermatologia, a pele sofre diretamente com efeitos negativos da baixa quantidade de água, passando a ficar visivelmente áspera e ressecada.

Isso acontece porque as células da pele, assim como as de todos os órgãos, é composta principalmente pela água que, quando está em falta, traz consequências para toda essa estrutura que, no caso da pele, é visivelmente perceptível.

Regulação do metabolismo celular

Como já citamos no texto, a alta capacidade solvente da água é o que a torna tão fundamental para a distribuição de todas as substâncias importantes para o corpo — não só dos nutrientes, como já falamos acima, mas também de compostos iônicos, essenciais para a homeostase celular, que é a habilidade das células de manterem o organismo em equilíbrio praticamente constante, mesmo em meio às variações externas.

E falando em metabolismo, você sabia que beber água emagrece? Isso acontece porque ela acelera os processos do corpo e ajuda a aumentar a queima de calorias.

Prevenção do aparecimento de pedras nos rins

A água representa cerca de 95% da composição da urina, o que a faz uma grande protagonista do sistema urinário. Sua falta no organismo implica na redução da produção do xixi, o que, por sua vez, provoca a formação de cálculos e pedras nos rins, uma condição extremamente dolorosa.

O sistema urinário precisa de água para funcionar adequadamente e evitar problemas como a formação de pedras nos rins.

Sinais de desidratação

É muito comum que as pessoas assosciem a necessidade de beber água ao sentimento de sede, mas, na verdade, o hábito de consumir o líquido deve ser criado com o objetivo de evitar chegar a essa sensação: sentir sede já é um sinal de desidratação.

Outros sinais são a secura de pele e das mucosas, o aumento das olheiras e baixa produção de suor. Cansaço excessivo, sonolência, tontura, dor de cabeça e taquicardia também são sintomas que podem estar associados à desidratação.

Nos casos mais graves, o quadro pode evoluir para queda brusca de pressão, convulsões, falência de órgãos e, por fim, a morte: e tudo isso aconteceria em apenas dois dias sem água. O corpo simplesmente começa a se destruir na ausência desse líquido que, como você conferiu no texto, é fundamental para o funcionamento de nosso metabolismo como um todo.

Como criar o hábito de beber mais água?

Aproveite esse incentivo, beba uns golinhos e afaste os malefícios de não beber água.

O recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) é que um adulto beba pelo menos dois litros de água por dia. Se você sabe que não está chegando nem perto dessa meta, confira as dicas abaixo para aprender a reforçar esse hábito, extremamente benéfico para a saúde.

1. Não espere sentir sede

Como falamos acima, a sede já é um sinal de desidratação e, para atingir o ideal de dois litros de água bebidos diariamente, é preciso desvincular o hábito à necessidade explícita do corpo. Beber água faz bem, então, se precisar, encare como um remédio que é preciso tomar com determinada frequência, mesmo que não dê muita vontade.

2. Mantenha uma garrafinha sempre por perto

Precisar levantar infinitas vezes durante o dia para ir até a cozinha buscar água pode, certamente, atrapalhar a construção do hábito. Ter uma garrafinha sempre por perto facilita muito as coisas e, além disso, funciona como um lembrete constante: que tal tomar mais um golinho sempre que olhar para ela?

Ter a água sempre a mão ainda pode te ajudar em um momento de engasgo ou secura na boca. Falou bastante na reunião? Tome um golinho para limpar a garganta antes de prosseguir!

3. Tome água em pequenas quantidades, ao longo de todo o dia

Para quem não tem o hábito de consumir água ou, até mesmo, não gosta muito, beber um copão inteiro de uma vez pode ser uma tarefa bastante desagradável. Para facilitar, fracione as quantidades, nem que seja para tomar pequenos golinhos a cada dez minutos: o importante é alcançar os dois litros diários recomendados e manter o corpo hidratado o tempo todo.

4. Utilize alarmes ou aplicativos para te ajudar

Um hábito não se constrói do dia para a noite e você, provavelmente, terá que se adaptar a ele aos poucos. No início, enquanto o processo ainda não se tornou orgânico, não deixe de lançar mão da tecnologia! Programe alarmes no celular com lembretes para beber água ou, se preferir, baixe um aplicativo específico para isso, existem várias opções nas lojas de app.

Como beber mais água: o celular pode ser seu aliado por meio de alarmes e aplicativos.

Depois deste texto, apostamos que você já levantou correndo para pegar um copo d’água. Após presentear o seu corpo com mais uma boa dose deste líquido tão precioso, continue navegando pela plataforma Sempre Bem, da rede Pague Menos! Aqui divulgamos informação de qualidade sobre os mais diversos assuntos relacionados a saúde, bem-estar, comportamento e beleza.

Você pode gostar

Presente do Dia dos Avós: 7 ideias para comemorar a data
Mente e Comportamento

Presente do Dia dos Avós: 7 ideias para comemorar a data

Dengue, chikungunya e zika: entenda cada uma das doenças
Saúde

Dengue, chikungunya e zika: entenda cada uma das doenças

Dossiê da vacina BCG: tudo o que você deve saber
Saúde

Dossiê da vacina BCG: tudo o que você deve saber