Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

Implicações do sedentarismo na saúde

07 abr 2019

07 abr 2019

Uma vida sedentária pode trazer muitos prejuízos para a nossa saúde. Mas você sabe o que é sedentarismo? Será que você também está sendo afetado por esse problema?

A gente vai tirar todas as dúvidas agora com Reno Brasil que é educador físico e Adriano Milanez que é cirurgião cardiovascular.

O que é sedentarismo?

Segundo Reno Brasil, é a falta ou a redução dos níveis de atividade física diária de um indivíduo. Isso pode ser caracterizado por uma baixa de 150 minutos semanais de atividade leve, ou seja, sentar para escrever um livro e sentar para estudar. 

É um tipo de atividade que não gera um gasto calórico mais elevado. O parâmetro mínimo de passos por dia para sair do sedentarismo são cinco mil passos.

Quanto tempo por semana é preciso para fazer tipo de atividade física?

A pessoa pode fazer 30 minutos de atividade física moderada (trote na esteira ou caminhada mais acelerada) por dia, durante cinco dias. Já a atividade extensa seria mais extenuante, onde sente uma fadiga mais evidente. Basta fazer três vezes na semana, em torno de 20 minutos, tempo necessário para sair do sedentarismo.

Veja a matéria (Exercícios Para Uma Vida Saudável)

Quais são os tipos de doenças que o sedentarismo pode trazer para a saúde?

“Pode provocar várias doenças endocrinometabólicas e cardiológicas, como hipertensão, obesidade e essas consequências levam a doenças mais graves, como AVC e infartos. Todas essas doenças podem ser desencadeadas ou aumentadas o risco pelo sedentarismo”, ressalta Adriano Milanez.

Qual o conselho para uma pessoa sedentária, mas deseja praticar atividade física e mudar os hábitos?

No primeiro momento, deve consultar um médico para saber se tem condições de fazer atividade mais intensa. Depois, é importante procurar um profissional de educação física para guiar sua atividade física e traçar o caminho melhor para cada cliente. 

Em relação às atividades do cotidiano, a pessoa pode caminhar um pouco mais, subir escada em vez de pegar um elevador.

Sedentarismo e doenças cardiovasculares

“Muitas pessoas chegam ao consultório com problemas cardiovasculares e que são sedentários. É importante lembrar que, muitas vezes, o paciente tem uma doença inicial, como hipertensão e obesidade leve, e só o fato de sair do sedentarismo pode ser curado”, comenta o cirurgião cardiovascular.

Quando há o diagnóstico da hipertensão leve, a principal medida é iniciar atividade física, muitas vezes, nem precisa de medicação. Com isso, os níveis pressóricos vão diminuir, porque o coração vai se adaptar ao exercício físico, vai bater de forma mais lenta e eficiente, enviando o sangue para todo o organismo, diminuindo esses níveis e prevenindo as doenças que a hipertensão vai causar.

Saiba mais (Principais Doenças do Coração: saiba quais são)

Como evitar o sedentarismo

De acordo com a profissão, acaba sendo um pouco mais difícil ou mais fácil ser uma pessoa sedentária ou não. Independente do cargo que atua, se o indivíduo não consegue durante as suas atividades profissionais dar caminhada ou subir uma escada, é preciso procurar, após as atividades profissionais, praticar algum esporte ou caminhar todos os dias ou pelo menos três vezes na semana. 

Conteúdos relacionados

Matéria originalmente veiculada no programa de 7 de abril de 2019.

Você pode gostar

A importância do magnésio para a saúde
Saúde

A importância do magnésio para a saúde

Como prevenir e tratar a lesão por esforço repetitivo
Saúde

Como prevenir e tratar a lesão por esforço repetitivo

Miss Universo ressalta a beleza negra
Beleza

Miss Universo ressalta a beleza negra