Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

Dia Dos Namorados: Amor Em Foco

Dia Dos Namorados: Amor Em Foco. No mês de junho, comemoramos o Dia dos Namorados, por isso, o Sempre Bem de hoje vai falar sobre os Benefícios do Amor para o corpo. Descubra os benefícios da paixão e do amor no corpo, os benefícios do amor na terceira idade e muito mais! Acompanhe o vídeo!

Estudos comprovam que amar alguém ou estar apaixonado traz benefícios físicos e psicológicos. Segundo a psicóloga e sexóloga Gabriela Hissa, quando amamos, transmitimos carinho e afeto para o nosso próprio organismo, pois praticamos o autocuidado e isso reflete na outra pessoa. “O amor melhora a nossa autoestima, libido, segurança e até questões como depressão e ansiedade. Você se sente mais completo e confiante”.

A ocitocina, que é considerado o “hormônio do amor" é produzido pelo cérebro e proporciona uma sensação de prazer. “Também está muito presente na relação sexual e temos o orgasmo feminino e masculino”, explica a profissional.

Gabriela esclarecendo que, em geral, os seres humanos precisam de um par. Com a atração física, as pupilas dilatam, o coração acelera e o período de paixão dura em torno de 12 a 14 meses. Em seguida, o amor vai sendo construído com o dia a dia, as dificuldades, felicidade, conquistas e tristezas, tornando-o mais forte com os cuidados diários.

Na terceira idade, o amor também tem um papel importante. “São nesses pequenos atos de amor que você começa a lembrar de como é bom viver porque temos um alto índice de depressão em idosos. Lembrar que somos amados e que as pessoas nos querem bem ajuda a planejar mais a saúde e buscar mais qualidade de vida graças a vontade de passar mais tempo com quem amamos”, pontua a profissional.

O engenheiro Hugo Niglio conta que sempre tratou Regina como namorada e assim o faz até hoje. A esposa lembra que o casal estudava na mesma sala e foi se aproximando. Depois de um ano, veio o pedido de namoro e, oito anos depois, a decisão de casarem-se. “Estamos sempre juntos, de mãos dadas, fazendo carinho e falando que nos amamos. O nosso amor é muito grande, algo de outra vida. Eu tive dois AVCs e ele parou de trabalhar para ficar comigo. Depois de 6 meses, ele teve um AVC e foi o meu momento de dar todo o apoio”, diz Regina. Para eles, confiança e amor é de um relacionamento feliz e duradouro, que serve de exemplo para as três filhas. “Escrevi em um caderno a nossa história e preenchi com fotos para que todas pudessem entender”. O desejo para o futuro é unânime: mais de 50 anos juntos.

Com o passar do tempo, manter a libido pode ser um desafio para muitos casais. De acordo com a psicóloga e sexóloga Gabriela Hissa, a libido tem relação direta com a autoestima. “Sentir-se bem estimula a confiança. Quando temos mais segurança com nosso corpo e atitudes, a libido fica em dia. Porém, com o passar dos anos, as mulheres vão perdendo a lubrificação que possuem naturalmente, então é muito importante, na hora do ato sexual, utilizar lubrificantes, recomenda.

Quem não tem um parceiro ou parceiro no Dia dos Namorados também pode se divertir. Segundo a psicóloga Maina Albuquerque, estar só não significa estar em processo ou estado de solidão. É possível aproveitar a própria companhia fazendo atividades que lhe agradam: atividade física ou um passeio ao ar livre, por exemplo, vão oxigenar a mente e tornar o indivíduo mais produtivo. Outras opções são ler um livro para se distrair e sair para conhecer novas pessoas, possibilitando novos ambientes, novas ares e pensar em novas possibilidades. Também é muito importante ter um momento de autocuidado para fazer que não conseguiu enquanto estava em um relacionamento. “Faça essas atividades de forma constante para que você tenha um propósito de ser feliz mesmo sozinho. Aproveite esse tempo para se conhecer, pois só assim é possível abrir para outras pessoas e novas oportunidades", finaliza a psicóloga.

Você pode gostar

Presente do Dia dos Avós: 7 ideias para comemorar a data
Mente e Comportamento

Presente do Dia dos Avós: 7 ideias para comemorar a data

Dengue, chikungunya e zika: entenda cada uma das doenças
Saúde

Dengue, chikungunya e zika: entenda cada uma das doenças

Dossiê da vacina BCG: tudo o que você deve saber
Saúde

Dossiê da vacina BCG: tudo o que você deve saber