Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

Natal na pandemia: possibilidades e adaptações

Mesmo com a vacinação, este também será um Natal na pandemia. Confira dicas para aumentar a segurança de suas comemorações!


Atualizado em:

Tempo estimado: 5 min

Facebook
Twitter
WhatsApp
Natal na pandemia: possibilidades e adaptações

Embora a vacinação esteja em um ritmo acelerado e o número de casos tenha reduzido significativamente, a pandemia de covid-19 ainda não acabou. Com a aproximação do fim do ano, marcado pelas festas e confraternizações, uma dúvida começa a bater: como será o Natal de 2021?

Apesar de o cenário seja mais positivo que o do último ano, os cuidados não podem ser deixados de lado, já que o vírus continua em circulação. Porém, com algumas precauções, pode ficar mais fácil conseguir reunir a família e celebrar com segurança. Para isso, veja dicas importantes para manter a proteção e comemorar o Natal na pandemia!

Natal e pandemia

Para muitas pessoas, o Natal é um momento de confraternizar com a família e os amigos. A tradicional ceia, os presentes embaixo da árvore e os abraços são itens indispensáveis na data e a tornam ainda mais especial. Mas como é possível manter essa tradição em meio à pandemia?

As aglomerações ainda não são recomendadas, já que os casos de covid-19 ainda estão em curso e, como sabemos, o vírus pode atingir de forma mais grave as pessoas de saúde mais fragilizada.

Ao mesmo tempo, a vacinação está andando a passos largos em todo país e grande parte da população já está imunizada, deixando a tão sonhada tranquilidade mais próxima e tornando mais palpável o desejo de se reunir com as pessoas queridas.

Pensar em algumas adaptações pode ajudar a tornar a realização da reunião de Natal em 2021.

Sendo assim, o equilíbrio e a cautela podem ser as peças-chaves para conseguir curtir a data minimizando os riscos de contaminações. Controlar a quantidade de pessoas, manter o distanciamento entre os lugares na mesa e se certificar se a vacinação dos convidados está em dia podem ser alguns dos cuidados para isso.

A seguir, elencaremos algumas dicas para ajudar no planejamento do Natal nessa época atípica!

Dicas para confraternizar em segurança

Estar junto de quem gostamos é sempre ótimo, principalmente nesse período tão difícil. No entanto, os cuidados ainda são necessários para poder comemorar sem preocupações. Veja abaixo algumas das precauções que podem ser tomadas para manter a proteção no Natal!

Importância da vacinação

O passo mais importante para realizar reuniões familiares ou de amigos no Natal de forma segura é a vacinação. Todas as pessoas presentes, exceto as das faixas etárias que ainda não podem ser vacinadas, precisam ter tomado algum dos imunizantes disponíveis no país.

Vale lembrar que a imunização só ocorre com o esquema vacinal completo, ou seja, tomando as duas doses ou a vacina de dose única. Caso o indivíduo pertença a um dos públicos que já podem contar com a dose de reforço adicional, também é fundamental fazê-lo.

A vacinação contra a covid-19 é fundamental para dar mais segurança aos encontros presenciais.

Medidas de higiene

Embora casos de transmissão de covid-19 por meio de superfícies sejam raros, a cautela com a higienização nunca é demais. Disponibilizar álcool em gel e uma pia com água e sabão para os convidados esterilizarem as mãos é uma ótima recomendação.

Distanciamento social

O distanciamento social já provou o quanto é eficiente como método de prevenção contra a transmissão da covid-19. Manter as cadeiras a pelo menos um metro de distância umas das outras pode ser uma alternativa interessante para impedir que as gotículas liberadas pelos convidados cheguem a outras pessoas.

Ambientes abertos

Outra medida que pode funcionar bem para aumentar a proteção de sua celebração é realizá-la em um ambiente aberto. Os locais fechados têm menos circulação de ar e podem ser mais propícios para o deslocamento do vírus. Por isso, montar uma mesa ou um espaço ao ar livre é um modo interessante de ampliar a segurança.

Ambientes abertos permitem uma maior circulação de ar e podem ser uma alternativa para minimizar riscos de transmissão.

Atenção aos sintomas

Caso algum dos convidados apresente algum dos sintomas da covid-19, como febre, tosse ou perda de paladar e olfato, no dia da reunião ou em um período anterior recente, o ideal é que ele não participe da celebração. Assim, é possível diminuir os riscos de exposição de outras pessoas ao vírus, se o indivíduo estiver infectado.

Uso da máscara de proteção

A eficácia das máscaras também é inegável. As mais recomendadas são as do tipo PFF2, que conseguem filtrar 94% das partículas do ambiente. Utilizá-las como recurso de segurança pode diminuir muito as chances de transmissão do vírus no Natal. Caso opte pelo uso de máscaras, o ideal é retirá-las apenas para comer ou ingerir líquidos.

O fim do ano é uma época de relembrar o que passou nos últimos 365 dias e se preparar para os próximos que irão chegar. Aproveitar esse momento com pessoas especiais é a melhor forma de comemorar as festividades. Para se informar mais sobre os tipos de máscaras contra a covid-19, clique no banner abaixo!