Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

Volta à rotina com dor de cabeça pode ser problema de visão

20 jan 2019

20 jan 2019

Quando as férias acabam, tudo volta a ser como era antes: a rotina da escola, do trabalho e dos cuidados com a casa. Mas quando isso acontece e vem acompanhado de uma dor de cabeça insistente, pode ser problema de visão.

Dor de cabeça e problema de visão

Quando a criança volta às aulas, depois das férias, e começa a reclamar que está com dor de cabeça e que não está conseguindo se concentrar, isso pode ser problema de visão.

Para o oftalmologista Reno Verçosa, “na volta às aulas é muito comum a queixa dos professores junto aos pais. O professor fala que o aluno está apertando muito os olhos para enxergar, aproxima os livros do rosto ou está muito desatento e com baixo rendimento escolar. Isso são sinais de que a criança tem algum problema de visão".

Confira também (Olhos saudáveis: principais problemas de visão)

Esses problemas acontecem na volta às aulas porque nas férias a criança está brincando e não presta atenção. Mas quando está na sala de aula e precisa ler ou tirar algo da lousa, surgem esses sinais. “A dor de cabeça é um sintoma muito comum de crianças que têm problemas refracionais e necessitam de óculos”, afirma Renê.

Dificuldade no aprendizado

O fato de a criança está com problema de visão que ninguém percebeu ainda pode acarretar no aprendizado. Principalmente durante a aquisição da leitura e da escrita na alfabetização. Muitas crianças se queixam de cefaleias e dores de cabeça, e se recusam a reconhecer, por exemplo, letras e números.”, explica Eyla Cavalcante, psicopedagoga.

Por isso é tão importante fazer exames de rotina e ir ao oftalmologista. “O Conselho Brasileiro de Oftalmologia preconiza que a criança vá ao oftalmologista com quatro a seis semanas de vida, que faça o teste do olhinho. Com seis meses, vamos ver a fixação e capacidade de seguir objetos. E depois anualmente, como qualquer criança normal”, ressalta o oftalmologista.

Dor de cabeça nos adultos

Esse problema de dor de cabeça na volta à rotina também é muito comum nos adultos. “Quase todo mundo trabalha na frente do computador ou com smartphone, e começa a ter mais dores de cabeça. É importante dar um intervalo a cada 30/20 minutos e descansar a visão ou piscar, porque a lágrima volta ao normal e diminui as dores de cabeça e a sensação de secura ocular”, cita o médico.

Assista ao vídeo (Fica a Dica - Como Aliviar a Dor de Cabeça)

Se aparecer qualquer sinal que não seja normal, é preciso procurar um oftalmologista “porque ele vai ver se é somente um problema visual, de óculos comum ou se existe alguma síndrome por trás e algum problema de aprendizado”, aborda Reno Verçosa.

Conteúdos relacionados

Matéria originalmente veiculada no programa de 20 de janeiro de 2019.

Você pode gostar

A importância do magnésio para a saúde
Saúde

A importância do magnésio para a saúde

Como prevenir e tratar a lesão por esforço repetitivo
Saúde

Como prevenir e tratar a lesão por esforço repetitivo

Miss Universo ressalta a beleza negra
Beleza

Miss Universo ressalta a beleza negra