Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

Movimente-se: Atividade Física É Saúde

A prática de exercícios físicos é fundamental para o combate ao sedentarismo e para levar uma vida mais leve e saudável. Neste Sempre Bem, falaremos sobre a importância de manter-se ativo. Também daremos algumas dicas de como planejar o seu treino e manter a constância nos exercícios. Assista e saiba mais.

Inserir a prática regular de exercícios físicos na rotina melhora a saúde, disposição, imunidade e traz alegria

A prática de atividade física proporciona inúmeros benefícios para o corpo e a mente. Em geral, melhora o condicionamento físico, a respiração, a flexibilidade e a resistência. A Nádya Araújo acredita que uma vida longe do sedentarismo representa 80% de sua disposição e qualidade de vida. Não é diferente para o Wesley Melo: "A minha motivação é a manutenção do bem-estar, que envolve a saúde física e mental".

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), mais de 3 milhões de óbitos por ano são atribuídos a falta de atividade física. Em outras palavras, isso representa 1 óbito a cada 10 segundos.

A designer de moda Eunice Nogueira foi sedentária durante boa parte da vida. Há pouco mais de três meses, resolveu mudar os hábitos. " Comecei a ter muita dor na coluna e senti falta de praticar algum exercício físico. Foi aí que entrei na academia e já consigo ver uma melhora significativa nos desconfortos que sentia", comemora.

O profissional de educação física Emmanuel Arrais acredita que o sedentarismo está relacionado a falta de planejamento. "Esse planejamento pode ser feito de acordo com a rotina. Não existe um horário pré-definido... O que precisamos ter em mente é que a prática só traz benefícios através da constância e da repetição."

DOR E TREMOR MUSCULAR

Eunice conta que uma das maiores dificuldades foi lidar com as dores musculares. "Sentia os meus músculos tremendo e achava que no dia seguinte não iria conseguir treinar."

O profissional explica: "O tremor na musculatura é normal, principalmente ao final das séries, onde o corpo entra em processo de fadiga. Nos exercícios de intensidade elevada, isso sempre vai acontecer. Já as dores musculares tardias, comuns no pós-treino, também são normais, principalmente em pessoas que estão reiniciando os treinos após um período de sedentarismo. Isso acontece devido a micro lesões na musculatura".

Entretanto, Emmanuel alerta que dores excessivas e limitantes devem ser investigadas. "A dor muscular tardia passa com o tempo, principalmente se o indivíduo permanecer constante nos treinos. O hábito repetido de começar e parar vai resultar no aumento das dores".

DEVAGAR E SEMPRE

Por mais difícil que possa parecer, a dica é manter a constância de treinos, mesmo que a intensidade diminua.

O profissional de educação física pontua que a recomendação geral é de pelo menos de 30 minutos de exercícios aeróbicos por dia aliado ao trabalho de força de 3 a 4 vezes por semana. "Entretanto, precisamos entender que um profissional capacitado vai conseguir dosar o exercício e entregar para o aluno a intensidade e o volume necessários, independente da quantidade de dias por semana".

Além dos benefícios físicos, vale ressaltar - e muito - os benefícios para o cérebro: aumenta a capacidade do coração de bombear sangue, consequentemente, aumentando a capacidade do pulmão de absorver oxigênio. Isso influi na melhora na qualidade cardiorrespiratória e cardiovascular.

Eunice sente na pele os benefícios e conta que hoje, a prática de exercícios físicos é uma verdadeira prioridade. "Antes, não consegui acordar para treinar e hoje consigo. São pequenas conquistas que valem muito a pena. Viver longe do sedentarismo é tudo de bom", finaliza.

Você pode gostar

Como cuidar do cabelo ondulado? Dicas para seus fios naturais
Beleza

Como cuidar do cabelo ondulado? Dicas para seus fios naturais

Tumor no cérebro: conheça sintomas, tipos e tratamentos
Saúde

Tumor no cérebro: conheça sintomas, tipos e tratamentos