Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

Combatendo A Obesidade Infantil - Parte 1

Neste Sempre Bem, a psicóloga infantil Camila Ferrari fala sobre a multifatoriedade da obesidade infantil. Saberemos mais sobre a relação das crianças com a comida e como isso impacta a vida dos pequenos. Assista e confira.

Obesidade

A obesidade é uma doença causada por múltiplos fatores, por isso é importante estar sempre com a saúde em dia. Vale lembrar a importância de um olhar mais atento na infância, uma vez que uma criança obesa por se tornar um adulto obeso

Causas da obesidade infantil:

- Genética

Filhos de pais obesos têm maior tendência de serem obesos também

- Alimentação

Uma alimentação mais desregrada como industrializados e fast foods, por exemplo são um grande agravante

Algumas crianças estabelecem uma relação emocional com a comida, ou seja, a criança ingere os alimentos na expectativa de se aquietarem internamente diminuindo a ansiedade, tristeza e saudade, por exemplo. Só que as consequências vêm a curto prazo. Pouco tempo depois esses sentimentos voltam e as crianças comem novamente

- Estilo de vida

Com o avanço da tecnologia, há uma tendência a se ficar mais sedentário, parado, em frente às telas do celular. Para mudar esse hábito é muito importante que os pais ou responsáveis estejam mais presentes. As crianças não gostam de brincar sozinhas e ter essa companhia pode ser um grande passo para diminuir a obesidade. O ideal é investir menos tempo nas telas e mais tempo em atividades de movimento

- Medicamentos

Comorbidades tratadas com alguns medicamentos, como corticoides, por exemplo, que automaticamente aumentam o peso

- Hormônios

A obesidade infantil pode ter muito a ver com as alterações hormonais, como a puberdade precoce

- Fatores psicológicos

Transtornos de ansiedade, depressão e bullying na escola são fatores importantes

- Complicações neurológicas

Doenças relacionadas à obesidade:

- Doenças cardiovasculares

- Diabetes

- Doenças articulares

- Doença de vesícula biliar

- Câncer

- Apneia do sono

A obesidade é considerada uma condição crônica multifatorial, ou seja, são vários elementos que fazem com que esse diagnóstico chegue na infância e se mantenha

As doenças relacionadas à obesidade estão cada vez mais presentes na fase infantil, em idades até mesmo pré-escolares

O que acontece na infância não fica na infância. Isso significa que as complicações emocionais como as de humor, comportamento e dificuldade de aprendizagem podem se estender para a vida adulta

Vida saudável

Estimular as crianças a mudarem os hábitos alimentares não é tarefa fácil, mas é um desafio muito necessário para o bem dos pequenos e uma abordagem lúdica faz toda a diferença

Dicas para incentivar a alimentação saudável infantil:

- Deixar os pequenos participarem do preparo dos alimentos

Levar as crianças para a cozinha faz com que eles criem uma relação mais próxima com os alimentos

- Relacionar os alimentos com os filmes que assistem, como Popeye, que come espinafre e fica forte, por exemplo

- Fazer desenhos com os alimentos nos pratos

Atividade física

A atividade física é requisito indispensável quando o assunto é perda de peso e a ludicidade ajuda e muito na prática pelas crianças.

As crianças são movidas a desafios e há várias brincadeiras de movimento que estimulam a atividade física

Brincadeiras em casa

- Pula corda

- Entrelaçando a corda nas cadeiras para que elas passem sem encostar

- Caça ao tesouro

Quando se faz uma atividade física, são estimulados vários neurotransmissores, como a dopamina e a endorfina que geram a sensação de bem-estar, que consequentemente alivia sintomas de ansiedade

Clinic Farma

O Clinic Farma, consultório farmacêutico das farmácias Pague Menos, oferece um serviço dedicado à essa atenção, com orientações, acompanhamento, cálculo de IMC, bioimpedância e testes rápidos para o controle de fatores de risco, como fator lipídico, glicemia e hemoglobina glicada

Uma grande dica para os responsáveis é serem exemplo. As crianças refletem aquilo que as rodeiam, por isso, adultos que têm uma boa alimentação e hábitos saudáveis perto das crianças, com certeza estão estimulando a melhora da qualidade de vida dos pequenos também

Você pode gostar

Sintomas de Lúpus: saiba quais são e como identificar
Saúde

Sintomas de Lúpus: saiba quais são e como identificar

Prevenção de DSTs: formas de evitar as Doenças Sexualmente Transmissíveis
Saúde

Prevenção de DSTs: formas de evitar as Doenças Sexualmente Transmissíveis

Cuidados com a pele na gravidez: o que é ou não seguro nessa fase
Beleza

Cuidados com a pele na gravidez: o que é ou não seguro nessa fase