Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

Check-UP Pré-Jogo

CHECK-UP PRÉ-JOGO. Vai jogar futebol? Para você aproveitar ao máximo essa atividade e cuidar bem do seu corpo, uma avaliação física precisa ser feita. Entenda tudo o que é preciso na nossa matéria de hoje. Acompanhe o vídeo!

Que o futebol é paixão nacional, isso todo mundo sabe. Mas o que muita gente desconhece é que antes de jogar o famoso “racha” é preciso fazer uma avaliação física para saber como o seu corpo está.

UM POUCO DE HISTÓRIA...

O futebol chegou ao Brasil em 1894. Vinte anos mais tarde, a seleção brasileira jogou a sua primeira partida oficial e ganhou o primeiro troféu: a Copa Roca. Ali se iniciava a história de conquistas da “Seleção Canarinho”, transformando rapidamente o futebol em paixão nacional. Hoje, ele é praticado por pessoas de todas as idades e movimenta bilhões por ano. Além disso, tem mais de 30 milhões de praticantes entre profissionais e amadores.

Para jogar futebol o preparo físico é indispensável dada a alta intensidade da atividade. Músculos, tendões, coração, pulmão e sistema cardiovascular são afetados durante uma partida.

Realizar testes, exames físicos e ter alguns cuidados garantirá a prática segura do futebol. “É daí que vem a demanda de um teste de esforço, realizado pelo médico em um ambiente controlado, onde é simulado um esforço físico e avaliado o comportamento das variáveis do sistema cardiovascular, podendo assim detectar possíveis alterações de arritmia, disfunções de válvulas cardíacas e a própria função bomba do coração”, explica o profissional de educação física André Bolt.

Vale ressaltar que esse cuidado deve ser ainda mais intenso em pessoas com mais de 30 anos, que estão acima do peso e que possuem histórico familiar de doenças cardíacas.

André indica, ainda, realizar a antropometria, ferramenta usada para entender a morfologia humana. “Peso, altura, circunferência da cintura e IMC são dados importantes para nortear mudanças visando o controle da saúde dos praticantes”.

Por fim, o especialista reforça a importância de uma boa base nutricional, já que os alimentos que escolhemos fornecem a nossa energia.

“Acredito que seguindo esses três conselhos:  fazendo um bom teste de esforço, uma antropometria e tendo cuidado com a dieta e hidratação, é possível praticar qualquer esporte de forma segura e prazerosa”, finaliza.

Você pode gostar

Como cuidar do cabelo ondulado? Dicas para seus fios naturais
Beleza

Como cuidar do cabelo ondulado? Dicas para seus fios naturais

Tumor no cérebro: conheça sintomas, tipos e tratamentos
Saúde

Tumor no cérebro: conheça sintomas, tipos e tratamentos