Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

Cérebro ativo e memória em dia

Quem nunca esqueceu algo que ia falar ou fazer, não é mesmo? E foi pensando nisso que nós conversamos com o neurologista Dr. Raul Feitosa, para entender mais sobre como funciona nossa memória, quais os tipos, como conservá-la ao longo da vida, e até exercícios para treinar a mente. Assista tudo na nossa matéria!

Cérebro deve ser estimulado para manter o sistema cognitivo e a memória funcionando plenamente.

Memória Operacional

O médico explica que as memórias antigas estão consolidadas no cérebro. "Geralmente, a dificuldade de memória começa com a incapacidade de formar novas memórias, ou seja, memórias recentes. No dia a dia, executamos tarefas, memorizamos números, pagamos contas e precisamos manter a atenção... Essa é a memória de trabalho ou operacional.

Memória episódica

Já a memória episódica é a capacidade de formar novas memórias, como o que comemos no café da manhã, por exemplo.

As memórias também têm um aspecto emocional e afetivo, assim como há a memória de executar tarefas, como andar de bicicleta. Elas ficam armazenadas em diferentes partes do cérebro."

Ainda segundo o médico, existem partes do cérebro responsáveis por memórias recentes e antigas, assim como o cerebelo e o lobo frontal estão associados a memória operacional para executar tarefas do dia a dia.

XI... ESQUECI!

A perda de memória vira um problema quando se torna consistente e começa a atrapalhar o dia a dia da. Segundo o neurologista, essa é a hora de procurar ajuda de um profissional.

A alimentação também exerce influência na memória. "Uma dieta rica em vegetais e proteínas melhora a performance do corpo como um todo", explica o médico.

Quando perguntado em relação as doenças que provocam perda de memória, o profissional pontua o Alzheimer, frequente em idosos. Problemas na tireoide também apresentam este sintoma, assim como dificuldade de concentração. "Existem doenças neurodegenerativas que, felizmente, são tratáveis. Déficit de vitaminas no organismo podem prejudicar a memória, assim como a diabetes, que pode ser um fator de risco para o cérebro caso não esteja controlada."

Para algumas pessoas, o ato de memorizar é natural, mas Raul explica que as capacidades cognitivas e sociais variam de pessoa para pessoa. "Algumas pessoas têm facilidade com cálculos e outras com música. Assim é a nossa capacidade de memorização", esclarece.

Porém, existem hábitos que ajudam a manter a mente ativa porque estimulam diferentes áreas do cérebro:

• Ler com frequência;

• Aprender coisas novas, como um instrumento musical ou um idioma;

• Fazer cursos.

MEMÓRIA EM DIA

A concurseira Jad Bitu estuda, em média, 7 horas, todos os dias da semana. Ela revela que o segredo para memorizar o conteúdo é manter a concentração e ter um tempo para relaxar, através da prática de atividades físicas, por exemplo. O professor Bruno Gomes explica que o excesso de conteúdo é uma realidade de muitos alunos. "O processo de repetição é como o cérebro entende que uma informação é importante e deve ficar guardada. Neste sentido, é importante que os alunos apostem em métodos de revisão, resolução de questões, flashcards, resumos e mapas mentais". Este último, nada mais é do que a síntese do conteúdo com a ajuda de mnemônicos. "A memória visual também é importante, pois o aluno memoriza a imagem e lembra da informação", conclui.

Jad conta que as dicas valem ouro e fazem diferença. "A memória visual é incrível! É como se eu enxergasse o trecho da folha do meu resumo. Mas, para isso, é preciso usar a repetição, ou seja: ver e escrever inúmeras vezes."

Para os esquecidos, o conselho do professor é revisar os assuntos de maior dificuldade. "Precisamos revisar o conteúdo que cai no esquecimento para que isso não ocorra na hora da prova".

Por fim, vale lembrar que, com a idade, é comum começarem a ocorrer episódios de esquecimento, pois o desempenho cognitivo tende a declinar. Mas, se os casos se tornarem intensos e recorrentes, a dica é buscar ajuda médica.

Fonte: Raul Feitosa (neurologista)

Você pode gostar

Presente do Dia dos Avós: 7 ideias para comemorar a data
Mente e Comportamento

Presente do Dia dos Avós: 7 ideias para comemorar a data

Dengue, chikungunya e zika: entenda cada uma das doenças
Saúde

Dengue, chikungunya e zika: entenda cada uma das doenças

Dossiê da vacina BCG: tudo o que você deve saber
Saúde

Dossiê da vacina BCG: tudo o que você deve saber