Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

Itens indispensáveis na hora da corrida

Tempo estimado: 6 min

Facebook
Twitter
WhatsApp
Itens indispensáveis na hora da corrida

Correr é uma atividade que favorece a saúde em diversos aspectos. Além de melhorar o condicionamento físico e bem-estar mental, a corrida também pode prevenir doenças cardiovasculares, uma vez que fortalece o coração, controla o colesterol e melhora a pressão arterial. Além disso, esse exercício físico pode fazer muito pelo sono e humor, melhorando a qualidade de vida.

Se você já começou ou quer começar a praticar corrida, é bom conhecer alguns itens que não podem faltar para que sua experiência na atividade seja positiva. Da necessidade de avaliação médica à roupa e calçado ideais, o professor e consultor em exercício e saúde, Ismael Lima, explicou e o Sempre Bem te conta tudo. Confere!

Corrida pra quê?

“Não restam dúvidas de que a prática regular de exercícios físicos é umas das melhores estratégias para se alcançar parâmetros de saúde de maneira adequada”, pontua Ismael. Ela é indicada para quem busca lazer, emagrecer e competir, e traz resultados melhores conforme a disciplina e bons hábitos de cada praticante.

Quem pode fazer?

De acordo com o especialista, “todo mundo pode correr, independente da idade ou gênero, porém é preciso estar ciente de que não se deve iniciar um programa de corrida sem qualquer orientação de um profissional de educação física”, ressalta.

É o educador físico que irá avaliar alguns pontos importantes para, então, fazer recomendações individualizadas para cada pessoa. “Uma boa avaliação para análise biomecânica da marcha de caminhada ou corrida é essencial para um planejamento seguro e que garanta a continuidade da atividade sem risco de lesões”, alerta o profissional.

Outra coisa que não pode ser deixada de lado antes de iniciar qualquer atividade física é o check-up. “Independente do objetivo da corrida, as reações sofridas pelo organismo do indivíduo praticamente serão as mesmas. Desta forma, é de extrema importância saber que estamos saudáveis e com condições físicas e fisiológicas apropriadas para se exercitar com segurança”, explica.

Fadiga x Lesão muscular

Tanto a avaliação clínica como o acompanhamento do educador físico são necessários para conseguir um rendimento satisfatório e evitar lesões na corrida. Porém, a sensação de esgotamento nos músculos é comum.

Ismael explica que a fadiga muscular é resultado do aumento da atividade metabólica e é normal. Muitas vezes é a partir dela que se obtém evolução e rendimento, no entanto, é necessário tomar alguns cuidados. “Ter um bom controle e gerenciamento do estado de fadiga é fundamental para não expormos o praticante a um risco de lesões musculares ou articulares”, diz.

A famosa "fisgada" na musculatura é um sinal de alerta de uma adaptação ruim ou lenta recuperação dos tecidos. Ela é resultado da fadiga geral e localizada acumulada com as sessões de treino. Portanto, atenção para não forçar além do limite seguro para a preservação da saúde.

Alongamento

Quando o assunto é alongar, Ismael destaca que os alongamentos realizados de forma dinâmica (com movimento) são mais importantes do que aqueles realizados de maneira estática (parada). O profissional ainda recomenda que o praticante faça os exercícios de aquecimento com alongamentos dinâmicos.

Calçados

No geral, o tênis precisa ser confortável, leve e de tecido respirável. Mas se houver problemas anatômicos na pisada, a recomendação deve ser feita individualmente. Nesse caso, é importante consultar profissionais de saúde, como ortopedista e fisioterapeuta, além de ficar mais atento à escolha do calçado. 

“No que diz respeito ao padrão de pisada, existem tênis com ‘correção’ para quando é identificada uma anatomia patológica dos pés”, detalha o educador físico. 

Roupa

Na hora de se vestir para correr, as roupas leves e de cores claras são as mais indicadas. Segundo o profissional, esse tipo de vestimenta serve para evitar um aquecimento desnecessário do corpo.

Hidratação

A hidratação é a principal arma contra o superaquecimento do corpo. Músculos bem hidratados respondem melhor às sobrecargas de treinamento. Além disso, uma boa hidratação também ajuda no processo de reparação dos tecidos após os exercícios.

Alimentação

A atividade física é uma grande aliada da nossa disposição para as demandas do dia a dia, mas não sem uma alimentação saudável e equilibrada. Mas ainda há quem tenha dúvida se pode ou não comer antes dos exercícios. De acordo com Ismael, “não só pode, como deve”. 

O especialista destaca que é preciso analisar com cuidado o indivíduo e o horário da prática, pois algumas pessoas não sentem conforto gástrico com alguns tipos de derivados do leite antes de fazer exercícios. Neste ponto, a orientação de um nutricionista é indispensável. 

Dica para competidores

Todos os anos, a Pague Menos organiza seu Circuito de Corridas em algumas cidades do Brasil. Desde 2010, a maior “showrrida” do Brasil já marcou presença em mais de 18 cidades, com um total de 32 etapas e mais de 135 mil corredores.

Além de oferecer percursos voltados para atletas profissionais, o evento, que está em sua 10ª edição, tem trajetos que atraem corredores iniciantes de todas as idades, combatendo o sedentarismo e estimulando hábitos de vida saudáveis. Tudo isso acompanhado de uma programação especial, com organização e segurança de padrão internacional, para garantir que os competidores e sua família possam viver uma experiência plena de saúde e lazer. 

Claro que o Ismael deixou dicas de ouro pra quem vai participar dessas e de outras competições ao longo do ano, né!

1- Prefira uma alimentação leve na noite anterior à corrida;

2- Consuma alimentos de fácil digestão antes da prova; 

3- Faça alongamentos dinâmicos para aquecer bem os músculos e movimentar as articulações trinta ou quarenta minutos antes da corrida;

4- Aposte numa boa pré-hidratação.

E aí, curtiu? Compartilhe essas informações com seu grupo de corrida para garantir a saúde e qualidade de vida de todos!

Fonte:

professor ismael lima

Ismael Lima 

Professor, especialista em Treinamento Funcional e Reabilitação e consultor em Exercício e Saúde | @ismaellimapersonal