Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

Entenda as causas da febre, seus sintomas e tratamentos

Algumas causas da febre são vírus, bactérias e inflamações. Confira as demais, como tratar e quando procurar ajuda médica.

Tempo estimado: 5 min

Facebook
Twitter
WhatsApp
Entenda as causas da febre, seus sintomas e tratamentos

A febre é um dos sintomas clínicos mais comuns. Ela se dá pelo aumento temporário da temperatura do corpo, muitas vezes devido a uma doença.

Ter febre é um sinal de que algo fora do normal está acontecendo em seu corpo e isso pode ocorrer em qualquer indivíduo, seja ele adulto, idoso ou criança.

Essa condição nada mais é do que um fenômeno de defesa do organismo ao sofrer qualquer tipo de agressão. Por isso, a febre tem como função, pelo aumento da temperatura, melhorar o tempo de resposta das células para destruir os invasores, geralmente vírus e bactérias.

Mas o que será que acontece no nosso corpo para elevar a temperatura? Continue a leitura e entenda as causas da febre e outras informações importantes sobre esse assunto.

As principais causas da febre

Saber as causas da febre é fundamental para definir qual ação tomar para combatê-la.

A febre ocorre quando uma área em seu cérebro chamada hipotálamo percebe uma invasão de microorganismos e reage elevando a temperatura corporal.

Ela varia ao longo do dia. Tende a ser mais baixa na parte da manhã e mais alta no final da tarde e início da noite.

As causas da febre estão relacionadas a diversos fatores, os mais comuns são vírus, infecção bacteriana, insolação, certas condições inflamatórias, desidratação, reação adversa a algum medicamento, entre outros.

Os sintomas de febre

Além de conhecer as causas, é bem importante identificar adequadamente os seus sintomas.

A febre acontece quando a temperatura do corpo está acima da faixa considerada normal. Porém, esse limite depende da região onde é mensurada, por exemplo: 

  • medição oral (pela boca): considerado febre acima de 37,8° C;
  • medição axilar: considerado febre acima de 37,2° C;
  • medição pelo ouvido: considerado febre acima de 38° C;
  • medição pela testa: considerado febre acima de 38° C;
  • medição retal: considerado febre acima de 38° C.

Dependendo da alta da temperatura corporal, o corpo pode reagir com calafrios, contrações musculares e alteração dos batimentos cardíacos, já que está lutando para ser regulado.

Em casos mais graves, a pessoa que está febril pode reclamar de dor de cabeça severa ou dor na nuca, apresentar vômito e/ou diarréia, confusão mental e até ter uma crise convulsiva.

Como medir corretamente a temperatura corporal

A febre, por si só, não é motivo para alarme. No entanto, quando ela está muito elevada (acima dos valores mencionados anteriormente), é fundamental procurar um médico.

Por esse motivo, é bem importante sempre verificar a temperatura corporal da pessoa que apresentou a queixa, a fim de identificar o momento certo de buscar ajuda.

A forma correta de medir a temperatura pela boca é:

  • higienize adequadamente o termômetro;
  • coloque a ponto do termômetro embaixo da língua do paciente;
  • peça para que a pessoa segure o aparelho com os lábios, nunca com os dentes, para evitar que quebre acidentalmente;
  • mantenha os lábios fechados durante o tempo necessário para mensurar a temperatura;
  • aguarde o período indicado pelo fabricante do aparelho antes de retirá-lo da boca do paciente. Alguns termômetros têm sinal sonoro que indica quando a medição está finalizada.

Vale lembrar que é preciso aguardar 30 minutos para efetuar a medição caso a pessoa tenha tomado líquido, ou consumido algum alimento quente ou frio.

Se for medir a febre pelas axilas, a maneira certa é:

  • higienize corretamente o termômetro;
  • seque bem as axilas antes de colocar o aparelho;
  • posicione a ponto do termômetro bem no centro das axilas;
  • peça para a pessoa comprimir o braço contra o corpo, para manter aparelho no lugar;
  • aguarde cerca de 3 minutos para verificar a temperatura, ou retire o termômetro assim que ele der o sinal sonoro que indica que finalizou a medição.

Tratamentos indicados para febre no corpo

Como as causas da febre são variadas, o tratamento para esse sinal também difere de acordo com o diagnóstico estabelecido pelo médico. Porém, dependendo do caso — por exemplo, quando está evidente que é devido a uma gripe —, é mais interessante, e até indicado, que o paciente permaneça em casa, a fim de repousar e evitar que outras pessoas também se contaminem.

Em caso de febre, é indicado tomar banhos frios, evitar roupas quentes ou se cobrir, manter a hidratação e repouso.

Como baixar febre em mulheres grávidas

A gravidez gera diversas mudanças no corpo da mulher, por isso o cuidado deve ser redobrado. Assim, é indicado antes de se automedicar, procurar um médico para verificar as causas da febre. Já que a má administração de medicamentos, pode prejudicar o bebê e seu desenvolvimento.  

Como baixa a febre em bebês

Para baixar a febre de bebês, também é indicado procurar um especialista para que ele indique o melhor tratamento e as medicações adequadas para o caso.

Vale lembrar que os medicamentos em bebês e crianças devem ser administrados de acordo com a faixa etária e peso. Assim, é essencial contar com a orientação de um profissional.

O Clinic Farma da Pague Menos pode lhe ajudar com isso! No nosso atendimento farmacêutico você recebe tratamento individualizado e esclarece todas as suas dúvidas.

Quer saber melhor como funciona? Acesse agora o site da Clinic Farma da Pague Menos e confira!