Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

Cenários da vacinação contra COVID no Brasil

Medidas de biossegurança devem ser mantidas pela população

Tempo estimado: 2 min

Facebook
Twitter
WhatsApp
Cenários da vacinação contra COVID no Brasil

Por: Ladinne Campi

O QUE MUDA DEPOIS DA VACINA CONTRA A COVID-19?

Desde o dia 18 de janeiro, quando a primeira vacina contra a Covid-19 foi aplicada em São Paulo, os brasileiros foram tomados pelo sentimento de alívio e esperança. O país avança, diariamente, em número de imunizados, porém, estima-se que ainda levará tempo para vacinar toda a população.

Por isso, autoridades e profissionais da saúde seguem batendo na mesma tecla: medidas de proteção devem continuar, inclusive, em pessoas que já receberam a vacina. A recomendação é que a população continue usando máscaras, higienizando as mãos, respeitando a etiqueta respiratória, além de manter a higiene e evitar aglomerações. Essas medidas são fundamentais para impedir o surgimento de novos casos da doença.

Estima-se que a redução da transmissão do vírus Sars-CoV-2 depende de um número expressivo de pessoas vacinadas: mais de 70% da população. Além disso, as vacinas disponíveis no Brasil são eficazes após duas doses, com intervalo entre ambas. Em outras palavras, significa que o organismo não cria anticorpos imediatamente, pois não existe imunidade instantânea.

Ainda em relação à população imunizada, sabe-se que este público pode continuar transmitindo o vírus de outras formas, como por exemplo através do ambiente, uma vez que superfícies contaminadas também são um foco de contaminação em potencial. Além disso, a vacina não apresenta evidências que evite a transmissão da Covid-19, oferecendo, portanto, uma diminuição nos sintomas graves.

Mais uma vez, faz-se necessário reforçar as medidas de biossegurança, além das citadas acima:

• Mantenha os ambientes limpos e ventilados;

• Mantenha uma alimentação equilibrada e duma bem;

• Mantenha distância de um metro e meio de outras pessoas;

• Não compartilhe objetos de uso pessoal;

• Higienize objetos usados com frequência, como celular e brinquedos;

• Não toque nos olhos, nariz, boca ou na máscara de proteção sem que as mãos estejam devidamente higienizadas.

CONTEÚDOS RELACIONADOS

5 Mitos e verdades sobre as vacinas contra COVID-19

Vacina da Covid-19 representa esperança de dias melhores?

Novas variantes do Coronavírus