Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

São João: Sinônimo de cultura nos 4 cantos do país

De norte à sul, leste à oeste: O São João segue como uma das festas mais populares do Brasil graças a sua riqueza cultural.

Tempo estimado: 3 min

Facebook
Twitter
WhatsApp
São João: Sinônimo de cultura nos 4 cantos do país

Por: Ladinne Campi

O mês de junho traz, consigo, o espírito festivo das danças e quadrilhas, das cores e sabores (quem não ama uma comida típica, não é verdade?!), das músicas e da rica cultura brasileira.

De norte à sul do país, presenciamos uma linda onda de energia que aflora e valoriza os nossos costumes traduzidos em forma de bandeirinhas, fogueiras e forró. O que pouca gente sabe, no entanto, é que cada região conta com suas peculiaridades e características comemorativas.

REGIÃO NORDESTE

O nordeste concentra o fervor das grandes festas juninas. Porém, o período pandêmico obrigou os foliões a se adaptarem a nova realidade sem perder a essência. As competições presenciais entre quadrilhas deram lugar a alternativas on-line, graças aos aplicativos. As barraquinhas de comidas típicas, repletas de pamonha, canjica, bolo de milho, pé de moleque e paçoca, foram substituídas por opções ofertadas em restaurantes, padarias, supermercados e até feitas em casa. Tudo para que os simpatizantes mantenham a tradição – agora, dentro de seus lares.

REGIÃO NORTE

Belém, Parintins e Manaus exaltam, no último fim de semana do mês, a grande festa entre dos bois Caprichoso e Garantido. Outro ponto que merece destaque é a riqueza da culinária local, que reúne delícias feitas a base de frutas da região amazônica, vatapá, tacacá e por aí vai…

REGIÃO SUDESTE

Engana-se quem acredita que o sudeste não abriga a tradição junina. Ao som do ritmo sertanejo e das roupas estampadas de xadrez, as “quermesses” adaptam preferências da região, tornando a festividade única. O pão de queijo, típico de Minas Gerais e até a pizza e o cachorro-quente, marcante em solos paulistas, não podem faltar!

REGIÃO SUL

Aqui, os trajes ganham destaque: bombachas, botas, lenços e vestidos de prenda fazem parte do figurino junino. No Rio Grande do Sul, Paraná e Santa Catarina, o ritmo vanerão embala a tradição, onde o pinhão e o quentão também tem espaço garantido no coração!

REGIÃO CENTRO-OESTE

Sem sombra de dúvidas, esta tradição recebe influência dos países fronteiriços, como o Paraguai. A sopa paraguaia, semelhante a um bolo de queijo, ocupa a sua posição ao lado do famoso revirado cuiabano, pixé, paçoca de pilão e arroz de carreteiros. As rimas de violeiros são exaltadas, além do tradicional “Banho de São João”, que ocorre no dia 24 de junho.

Independente da região, o São João deve ser comemorado dentro de casa, com os cuidados necessários, pois ainda estamos em pandemia.

Confira algumas dicas:

- Confeccione bandeirolas/bandeirinhas com revistas ou jornais, retire um molde da internet para lhe ajudar. Esse é um bom momento para reuniar os membros do lar para ajudar a enfeitar a casa.

- Músicas: use e abuse de músicas como o forró pé de serra tradicional, isso pode evocar diversas lembranças e conscientizar que o São João está chegando.

- Comidas típicas: prepare as comidas que representam essa festa. Busque receitas simples na internet e faça o momento de cozinhar com os membros da casa. Veja a possibilidade das crianças e/ou idosos participarem desse momento.

- E a fogueira? Você pode construir uma fogueira decorativa, com pequenos galhos de madeira ou com rolos de papel higiênico, use sua criatividade.

- Quadrilhas juninas: assistir as grandes festas com quadrilha é uma tradição para alguns. Busque por “Quadrilhas juninas” no Youtube, aumente o som e se deleite no show sem sair de casa. Viu como é fácil levar a quadrilha para dentro de casa?

E você? Já começou a organizar o São João!