Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

Pele com acne: cuidados essenciais para saúde e beleza

Tempo estimado: 5 min

Facebook
Twitter
WhatsApp
Pele com acne: cuidados essenciais para saúde e beleza

Se tem uma coisa que incomoda muita gente são as chamadas espinhas, principalmente quando elas aparecem de surpresa, antes daquele compromisso importante. Embora seja mais comum na adolescência, a pele com acne também afeta adultos, e é preciso adotar alguns cuidados para manter a saúde e beleza da derme.

A primeira coisa a fazer quando se tem pele acneica é buscar ajuda de um dermatologista. Essas lesões afetam rosto, tórax, costas, ombros e até braços, causando impacto na autoestima de pessoas de ambos os sexos. Tratar delas leva um tempo e, além da orientação de um especialista, é necessário muita disciplina com a rotina de cuidados em casa. 

O Sempre Bem preparou este artigo com dicas incríveis para você turbinar sua rotina de cuidados com a derme e evitar as temidas acnes. Confira!

Acne

A acne é uma dermatose (ou lesão) causada por uma maior produção de sebo pelas glândulas sebáceas. Esse excesso de oleosidade favorece o acúmulo de sujeira que obstrui os poros e ocasiona a proliferação de bactérias, resultando nos comedões (comumente chamados de cravos) e espinhas (erupções cutâneas).

Essa inflamação na derme pode ter incidência mais leve e superficial, e chegar a camadas mais profundas, deixando marcas na pele. 

O que causa a acne?

A acne pode acontecer por diversos fatores. O mais comum é a oleosidade causada por desequilíbrio hormonal, mas alguns hábitos como má alimentação, exposição solar desprotegida e dormir sem retirar a maquiagem também favorecem a formação acneica. Além disso, efeitos colaterais de medicamentos e estresse podem influenciar o aparecimento da dermatose. 

Confira o artigo (Erros que prejudicam a saúde e beleza da pele)

Acne x estresse e ansiedade

Embora muitas vezes esteja associada a fatores hormonais, a acne pode ter entre suas causas possíveis as alterações de humor

Estudos apontam que, quando o organismo está em estado de estresse ou ansiedade, libera uma substância chamada cortisol. Ela estimula a produção de hormônios androgênios e de óleo pelas glândulas sebáceas, principais responsáveis pelo aparecimento da acne. Por isso, é comum que essas erupções cutâneas ocorram também na vida adulta.

Leia também (Conheça quatro efeitos do estresse na pele)

Rotina de cuidados com a pele acneica

Não esprema cravos e espinhas

Pode parecer inevitável, mas é necessário manter as unhas longe da acne. A sujeira presente nas mãos pode infeccionar ainda mais uma região que já contém muitas bactérias. Tocá-las e espremê-las também provoca lesões que dificultam a cicatrização e podem deixar marcas na pele.

Lave o rosto duas vezes ao dia

Quem tem cravos e espinhas deve lavar o rosto duas vezes por dia, sempre optando por um sabonete específico. Produtos à base de ácido salicílico e zinco podem reduzir o problema, porém é necessário evitar o exagero. Isso porque a lavagem retira a oleosidade e, se feita demais, pode causar um efeito rebote, estimulando as glândulas sebáceas e tornando a pele mais sujeita ao aparecimento da acne.

Confira as dicas da Mariana Rosas no vídeo (Beleza Express - Rotina Noturna Para a Pele)

Use filtro solar

Se tem uma coisa que não pode faltar na rotina de cuidados de quem tem pele com acne é o protetor solar. O sol é um dos principais agentes ativadores das glândulas sebáceas, aumentando a ocorrência de cravos e espinhas. 

Além disso, quem usa medicações para tratar o problema não pode nem pensar em se esquecer de aplicar o produto, pois as fórmulas químicas expostas aos raios solares podem estimular o aparecimento de rugas e ocasionar queimaduras. Dê preferência aos filtros oil-free (com toque seco) e com FPS recomendado pelo dermatologista.

Saiba ainda (Como escolher protetor solar para pele oleosa)

Melhores produtos para pele com acne

Cuidar da pele com acne exige produtos específicos. Felizmente, a indústria da beleza já desenvolveu linhas inteiras especialmente para quem precisa tratar o problema. As fórmulas normalmente possuem ativos que ajudam a controlar a oleosidade que pode provocar cravos e espinhas.

Esfoliante

Quem tem pele oleosa e acne deve investir na esfoliação cutânea no máximo duas vezes na semana, sempre antes de lavar a face. Ela remove as células mortas, proporcionando renovação celular e potencializando a absorção dos outros produtos. 

Sabonete

Agora que você já sabe quantas vezes lavar o rosto, saiba também que o ideal é usar sabonetes antiacne, pois eles contêm ácido salicílico, componente perfeito para limpar os poros e reduzir a quantidade de sebo.

Veja a matéria (Como Os Sabonetes Atuam No Corpo)

Loção adstringente

A loção adstringente é essencial para remover resíduos de sujeira que se acumulam nos poros. Prefira um tônico facial com os ácidos glicólico e salicílico, indicado para pele oleosa ou com acne. O produto deve ser aplicado sempre após a lavagem do rosto. Caso haja ressecamento, alterne os dias de uso.

Hidratante

Ao contrário do que muitos pensam, usar hidratante facial não promove a oleosidade da pele e é essencial para evitar a produção exagerada de sebo. Aposte nas fórmulas leves e de fácil absorção, pois não obstruem os poros. Os mais indicados são os que não contêm óleos na composição.

Gel secativo

Eis um produtinho ‘milagroso’ que ajuda no controle do processo inflamatório da pele acneica: o gel secativo é um trunfo no combate a cravos e espinhas. Isso porque ele contém grande quantidade de ácido salicílico e glicólico, e age diretamente sobre a lesão. No entanto, seu uso deve ser tópico e realizado apenas à noite, após lavar e tonificar o rosto. 

Conteúdos relacionados

Da imunidade à beleza da pele: veja benefícios da vitamina C Amigas da beleza: as melhores vitaminas para pele e cabelosPele muito além da idade. Cuidados aliados da belezaCuidados com a pele seca - como mantê-la bonita e saudável

Referências: Dermaclub | Portal Terra | Capricho