Logo Sempre Bem
Ícone de busca
Ícone do ecommerce
Ícone de busca

3 passos para fazer o teste de porosidade de forma simples

Para saber se o seu cabelo precisa de um cronograma completo de restauração e reconstrução basta seguir 3 passos simples do teste de porosidade capilar.

Tempo estimado: 5 min

Facebook
Twitter
WhatsApp
3 passos para fazer o teste de porosidade de forma simples

Um cabelo bonito e sedoso requer cuidados com os fios — hidratação, nutrição e reconstrução — para mantê-los sempre com um aspecto saudável. Entretanto, antes de definir um cronograma, é importante realizar o teste de porosidade capilar.

Assim, é possível identificar as partes danificadas e saber ao certo que tipo de produto deve ser aplicado para dar o efeito e resultado esperados. Com o uso de produtos inadequados ou exposição a agentes nocivos, os fios precisam ser recuperados.

Mas, como fazer o teste de porosidade capilar? Neste post você vai saber o que é e para que serve esse teste. Continue lendo e saiba em 3 passos como realizar o teste para interpretar o resultado!

O que é e para que serve o teste de porosidade capilar?

Existem diversos tipos de cabelo, entre danificado, ressecado, pouco sedoso, oleoso, fraco e quebradiço, considerando a qualidade dos fios. A boa notícia é que, com o tratamento certo, é possível recuperar e tornar os fios brilhantes e sedosos.

Para identificar a real situação do cabelo é importante fazer o teste de porosidade capilar, que nada mais é que a técnica que avalia se as cutículas do cabelo, responsáveis pela proteção da fibra capilar, estão abertas ou fechadas.

É ele que indicará o quanto os fios conseguem absorver de água, óleo e substâncias presentes nos produtos capilares e apontar para a necessidade de intervenções para hidratar, nutrir ou reconstruir os fios.

São três os tipos de porosidade:

  • porosidade baixa – quando as cutículas muito fechadas dificultam a absorção da água, óleos e nutrientes usados nos cuidados de rotina;
  • porosidade média – quando as cutículas estão meio abertas e facilitam mais o processo de absorção tanto da água, quanto dos produtos capilares;
  • porosidade alta – quando as cutículas apresentam uma abertura exagerada, estimulando tanto a absorção, quanto a perda de água e nutrientes na mesma medida, deixando os fios com maior predisposição para a quebra e ressecamento.

Como realizar o teste de porosidade capilar em 3 passos?

Agora que você já sabe o que é o teste de porosidade capilar é hora de colocar em prática para saber como estão os fios do seu cabelo. O passo a passo, fácil e rápido é realizado em 3 etapas!

Primeiro passo

Para realização do teste de porosidade os fios devem estar limpos, portanto, lave o cabelo de preferência no mesmo dia que você pretende avaliar a condição dos fios.

Segundo passo

O próximo passo é pegar um copo de vidro com água filtrada e um fio de cabelo limpo. Esse fio pode ser resultante da queda natural ao pentear ou que esteja na escova ou pente, desde que limpo.

Terceiro passo

No último passo, o fio deve ser colocado dentro do copo com a água por cerca de 10 minutos. Para interpretar o teste de porosidade capilar você deve observar a ação do fio depois de vencido o prazo. Esses são os resultados:

  • se o fio boiar, sua porosidade está baixa e o cabelo precisa de hidratação;
  • se não boiar ou afundar e se mantiver no meio, é sinal de porosidade média, o que requer um tratamento de nutrição;
  • se afundar, a porosidade está alta e os fios precisam de reconstrução imediata.

Para ajudar você a entender melhor os procedimentos que devem ser adotados a partir do teste de porosidade capilar, veja para que serve e como funcionam!

Hidratação

O principal objetivo da hidratação é devolver aos fios a água e nutrientes perdidos no dia a dia, eliminando o aspecto de ressecamento e falta de viço. De modo geral, os ativos como D-pantenol, glicerina e vitaminas, além de hidratantes naturais – aloe vera, óleo e coco, manteiga de oliva – são eficientes nesse processo.

Nutrição

Já a nutrição auxilia na reposição dos óleos protetores dos fios, mantendo as cutículas seladas e os fios bem hidratados, além de alinhados. Nessa fase podem ser usados ativos como proteína do ovo, manteiga de karité, manteiga de murumuru e óleos diversos – de coco, de argan, de rícino, de manga, de girassol, de abacate.

Esses produtos contêm vitaminas A,C, E, B1, B2, B5, ácidos graxos, vitaminas do Complexo B, antioxidante, flavonoides.

Reconstrução

Na reconstrução capilar, o procedimento de maior impacto, a fibra dos fios é recuperada com a reposição de proteínas essenciais, tais como a queratina e aminoácidos como a creatina, arginina e cisteína. Usada para a correção dos quebradiços, opacos, finos e porosos.

Como você viu, o teste de porosidade capilar é prático, barato e eficaz. Com ele você consegue definir o tratamento certo para o seu cabelo, economizar com produtos capilares e garantir fios saudáveis e belos por muito mais tempo.

Gostou do post? Aproveite então a visita para conhecer nossos produtos no site e realizar suas compras online. Assim você pode cuidar dos cabelos sem precisar sair de casa!

Veja também:

4 dicas para cuidar do cabelo loiro em casa

10 melhores vitaminas para queda de cabelo

Cuidados com o cabelo: truques e produtos para cada tipo